Imprensa

é alta a noite e só uma pergunta se sustenta no ar levanto os olhos como quem perde as esperanças e conto as estrelas. estaciono meu carro vermelho no pátio em frente atrás de mim há vozes e passos caminho em direção à porta, sou atingida bruscamente por uma barra de ferro na nuca continuo […]

acordei certa feita em Bordeaux

acordei certa feita em Bordeaux. à noite, no ônibus, olhava a janela à espera de que o tempo fosse gentil comigo e não passasse. afinal em poucas horas eu estaria em Bordeaux. plena madrugada, sozinha. estrangeira. é engraçado pensar que o mesmo ímpeto que me fazia amanhecer numa estação de trem em Bordeaux dividindo o […]

sótão

é alta a noite e só uma pergunta se sustenta no ar. levanto os olhos como quem perde as esperanças e conto as estrelas. estaciono meu carro vermelho  no pátio em frente. atrás de mim há vozes e passos. caminho em direção à porta, sou atingida bruscamente por uma barra de ferro na nuca, mas continuo […]


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.